Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

DaMoenda Chocolates
Model: Chocolate 80% cacau Da Moenda
Product ID: 1125
Product SKU: 1125
New In stock />
Chocolate 80% cacau Da Moenda

Chocolate 80% cacau Da Moenda

Marca: DaMoenda Chocolates
Modelo: Chocolate 80% cacau Da Moenda

 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Fazenda Rio do Braço e os Chocolates daMoenda.

Situada no município de Presidente Tancredo Neves, na região do Baixo Sul da Bahia, a cerca de 250 km de Salvador, a Fazenda Rio de Braço foi adquirida pelo casal Maria Dilma Reis de Queiroz e Carlos José Alves de Queiroz no final do ano de 1989. Desde essa época a fazenda já possuía áreas de cacau cabruca e uma pequena pastagem para gado, tendo a maior parte de sua área coberta com mata preservada. A propriedade é margeada pelo Rio do Braço, que dá nome a fazenda. Infelizmente, um ano após a compra, o patriarca da Família, o geólogo Dr. Carlos José Alves de Queiroz faleceu de maneira repentina. Seguiram-se anos difíceis, com os filhos ainda adolescentes, após essa perda a Fazenda permaneceu anos parada no tempo, mas ainda preservando suas áreas de cacau cabruca, um sistema de cultivo desenvolvido na Bahia há cerca de 200 anos que preserva cobertura vegetal da mata atlântica para criar o ambiente perfeito para o cultivo do cacau. No início dos anos 2000 os três irmãos herdeiros já adultos começaram um longo processo de revitalização da propriedade que continua até hoje, sempre contando com a colaboração de Antônio de Jesus dos Santos, gerente da fazenda que já trabalhava com a família desde a década de 80 e sua esposa Maria dos Santos. A família não tinha nenhuma tradição no cultivo do cacau, era um projeto que Dr. Carlinhos não teve a oportunidade de desenvolver. Os herdeiros tiverem que começar essa nova empreitada sem qualquer experiência prévia, contando com o conhecimento local e muita determinação. Processo que segue até hoje, com erros e acertos em uma troca de experiências enriquecedoras. Atualmente, além do cacau cabruca, a fazenda também possui áreas com cultivo de banana, urucum e novas áreas de cacau clonado das variedades PH 1319 e CCN51. Nesta região montanhosa entre 220 e 270 metros de altitude, esta área de cacau original permaneceu praticamente como uma cápsula do tempo, e é deste cacau antigo com espécimes de até 40 anos de idade que vem as amêndoas usadas para um novo projeto: o daMoenda Chocolates. 
Durante a pandemia da COVID 19, Carlos Queiroz, um dos herdeiros da família que se estabeleceu em São Paulo, e sua esposa Sheila Nishimura começaram a estudar a produção de chocolates finos seguindo os preceitos do Chocolate Bean-to-Bar (da Amêndoa a Barra), uma tendência mundial que tem ganhado cada vez mais atenção e reconhecimento dos apreciadores do chocolate de verdade. Ao contrário da fabricação industrial em larga escala, que mistura diferentes tipos de cacau, vindos das mais diversas regiões, com características e processos completamente distintos, o chocolate bean-to-bar trabalha com micro-lotes de amêndoas, que são colhidas, fermentadas e secas de forma criteriosa, respeitando as características de cada região, valorizando o terroir e suas condições intrínsecas de solo, clima, regime pluvial e altitude que conferem um sabor único a cada fruto. No conceito bean-to-bar, o processo de produção do chocolate deve usar o mínimo de ingredientes, a saber: nibs de cacau fino, manteiga de cacau, açúcar e, no caso das receitas de chocolates ao leite, leite em pó. O resultado é um chocolate saudável que mesmo nas receitas com alto teor de cacau não apresenta a sensação de amargor ou adstringência. O chocolate industrial comum que usa amêndoas de fontes aleatórias precisa de grandes quantidades de açúcar, aromatizantes, conservantes e outros produtos para conseguir mascarar a qualidade inferior do cacau utilizado. 
As amêndoas saem da fazenda Rio do Braço na Bahia e são levadas até São Paulo, capital, onde são artesanalmente transformadas em pequenos lotes especiais de chocolate daMoenda. É uma produção bem limitada e exclusiva, feita em um pequeno “ateliê”, onde as amêndoas secas são torradas, descascadas, trituradas e depois levadas para o processamento em moinhos de pedra conhecidos como melangers. Ao sair do moinho o chocolate é enformado em barras de 1kg, que depois serão derretidas e passarão pela tempera para serem finalmente transformadas em deliciosas barras de 50g. 

O nome daMoenda foi escolhido em homenagem ao povoado mais próximo da Fazenda Rio do Braço, o distrito de Moenda, as margens da BR 101. Uma região de gente acolhedora em muito caprichosa em tudo que faz. As embalagens do Chocolate daMoenda foram desenvolvidas pelo designer e diretor de arte baiano Cristian Jungwirth e a estampa impressa é inspirada nas obras do artista plástico baiano Ronald Lago II, ambos amigos de infância da família Lacerda de Queiroz.

Atualmente os chocolates daMoenda são produzidos em 3 receitas:
- 54% Chocolate ao Leite, uma combinação de proporções perfeitas para quem aprecia um chocolate mais doce. Nesta porcentagem de cacau, o produto pode ser considerado um “dark milk”.
- 75% Chocolate, uma receita intensa que preenche todo o paladar e reverbera longamente na boca. Pela sua porcentagem e processo de produção bean-to-bar não provoca sensação de adstringência e pode ser a receita de entrada para quem quer conhecer melhor os chocolates com alto teor de cacau.
- 8itenTão Chocolate, com 80% de cacau em sua composição, esta receita é uma das preferidas do público e a “queridinha” do criador da marca. Intenso, envolvente, muito saboroso, de longa duração no paladar, proporciona uma verdadeira experiência com o chocolate. Esta receita é especialmente apreciada por atletas e pessoas que buscam perder peso, pois proporciona muita satisfação e poucas calorias. 

Em breve, a Fazenda Rio do Braço lançará um novo produto, o Mel de Cacau Rio do Braço, bebida que tem conquistado cada vez mais fãs no Brasil e no Mundo, projeto capitaneado por Tasso Queiroz que enxergou mais uma oportunidade para tirar o máximo proveito do ciclo desta fruta incrível.

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.