Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

Vinha Unna Vinhos Naturais Viticultura Biodinâmica
Model: Vinha Unna Pet-Nat / ROSÉ NATURE / TERROIR DE CHUVA BLUSH - TEROLDEGO 2021
Product ID: 897
Product SKU: 897
New In stock />
Vinha Unna Pet-Nat / ROSÉ NATURE / TERROIR DE CHUVA BLUSH - TEROLDEGO 2021

Vinha Unna Pet-Nat / ROSÉ NATURE / TERROIR DE CHUVA BLUSH - TEROLDEGO 2021

Marca: Vinha Unna Vinhos Naturais Viticultura Biodinâmica
Modelo: Vinha Unna Pet-Nat / ROSÉ NATURE / TERROIR DE CHUVA BLUSH - TEROLDEGO 2021

Espumante: Pet Nat  
Uva: Teroldego  
Vinícolas: Vinha Unna  
Região: Sul  
Estado: Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul  
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Sobre o vinho:

PET-NAT ROSÉ NATURE / TERROIR DE CHUVA BLUSH - TEROLDEGO, Viticultura orgânica, fermentação espontânea com leveduras selvagens, sem adição de nenhum produto enológico. Maceração semi-carbônica por 8 dias, prensagem suave, trasfega para tanque, não filtrado, método ancestral. Sem adição de sulfito exógeno. Estamos particularmente muito felizes com o resultado deste produto, quem diria Teroldego nos dar um produto elegante, mas com notas rústicas e de frutilla refrescante. Presença e volume de boca marcante.

Terroir de Chuva

Um projeto de viticultura e vinificação, que começou em 2014.

Uma inovação, produzir uvas viníferas por um processo de produção sustentável... no Brasil, na Serra Gaúcha?

Região do Brasil considerada muito chuvosa, úmida e com uma grande pressão de doenças para as videiras...

Exatamente isso. A região é assim! E a Vinha Unna produz vinhos de chuva. Entender isso é o primeiro passo para fugir da padronização e compreender a extensão da palavra Terroir.

O projeto Terroir de Chuva, busca identificar justamente as características desta região e enaltecê - las, através de seus vinhos !

Para isso, estudos foram feitos, de solo e de variedades já bem adaptadas a região, um estudo com pequenas microvinificações, a fim de identificar tipicidade e identidade nos vinhos elaborados. Com este estudo, em 2016 com foco em duas variedades que possuíam comportamento agronômico e enológico consistente e demonstravam nos vinhos todas as características do Terroir da região: boa acidez, taninos delicados, ipt médio (IPT - índice de polifenóis totais, em outras palavras, as substâncias que dão estrutura ao vinho e estão concentradas na casca da uva) - logo, se estas variedades tem um IPT médio, não vou conseguir extrair cor em abundância, logo, daqui não sairão vinhos estruturados, densos e com condições de ficar em barricas por longos períodos. 

Por outro lado, a Vinha Unna obteve vinhos frescos, delicados e elegantes. Estamos falando das cepas Chardonnay e Cabernet Franc.

Para que o projeto expresse realmente as características de um Terroir, é preciso ter claro a ideia de mínima intervenção, tanto nos vinhedos, como na vinificação. Então, optou-se pela agricultura orgânica e biodinâmica como manejo dos vinhedos e para os vinhos a vinificação natural.

O Terroir de Chuva está localizado em Pinto Bandeira, entre 680 m e 750 m altitude e compreende uma área de aproximadamente 5 hectares de uvas em vários estágios, plena produção, recém implantados, recém enxertados, vinhas antigas...o que é uma grande oportunidade para estudar e avaliar todos os estágios de uma produção sustentável com seus acertos e dificuldade.

Sobre a vinícola: 

A Vinha Unna tem foco em exaltar a tipicidade de seu terroir cultivando variedades que tenham uma expressão única e fiel deste lugar. 

Seus vinhos são trabalhados pela identidade do vinho, sem ficar preso em buscar padrões destas mesmas variedades em outros continentes

Todas as uvas são de cultivo próprio, com profundo conhecimento do solo, material de origem, métodos limpos em pureza de vinificação, atestando tudo o que é utilizado nas uvas.

A Vinha Unna é um estilo que envolve, convicção e paixão...nasceu de valores, do respeito e amor que os viticultores têm pela família e pela terra. 

"Uma família super unida e que ama sua forma de viver...nosso chalézinho de madeira na mata, plantar e colher a maioria de nossos alimentos, sem maquinário, sem funcionários, venenos ou adubos químicos, só a boa e velha enxada, a agricultura biodinâmica e o nosso trabalho", como dizem Marina e Ismael.

Um projeto com dois focos, viticultura limpa (orgânica e biodinâmica) e vinificação natural (sem aditivos químicos - nada se adiciona ao vinho, nada se retira).

E criar algo é realmente fantástico: "É poder se expressar, se soltar, se reinventar, experimentar. É libertador. E isso só pode ser feito, quando o vinho expressa tudo isso a partir de um trabalho sério e focado".

Responsabilidade e compromisso com o ecossistema, com a região, com os clientes...pensar na próxima geração, nossos filhos, que precisam do nosso exemplo para ter os mesmos valores no futuro. 

 

CARACTERÍSTICAS DOS VINHOS: 

Uvas de cultivo sustentável orgânico ou biodinâmico.
Fermentações espontâneas com leveduras selvagens da própria uva.
Produtos sem sulfito adicionado.
Não utilizam nenhum tipo de aditivo químico, nem técnica de estabilização.
Vinhos não filtrados.
São considerados veganos pois não contem nenhuma substância na garrafa a não ser uva.


Sobre a Região: 

Em um dos pontos mais elevados da Serra Gaúcha, acima de 700 metros de altitude está Pinto Bandeira. A região possui as seguintes características:

Relevo
Suavemente ondulado a ondulado, sendo um terço da área com relevo forte ondulado a montanhoso escarpado; exposição norte predominante.

Clima Vitícola
Temperado quente; De noites temperadas.

Geologia
Rochas vulcânicas do período Juro-Cretáceo com 131 milhões de anos, formação Serra Geral - Fácies Caxias.

Solos
Predominância de Argissolo Bruno Acinzentado, derivados de rochas ácidas

O QUE É VINHO NATURAL? 

Vinho natural  é o resultado de uma escolha filosófica para encontrar a expressão natural de um terroir. É feito de uvas trabalhadas em agroecologia, sem herbicidas, pesticidas, fertilizantes ou outros produtos sintéticos.

colheita é manual e na produção de vinho o vinhateiro(a) se esforça para manter vivo o caráter varietal do vinho. As intervenções técnicas que podem alterar a vida bacteriana do vinho são proibidos e qualquer produtos químicos adicionados também, exceto, se necessário, sulfitos (SO2) em quantidades muito pequenas. dose total máxima tolerada SO² são 30mg / l para tintos e 40mg / l para brancos.

O fato de trabalhar com vinhos naturais envolve deixar leveduras selvagens (que estão na naturalmente na casca da uva) operarem suas sucessivas transformações, para se obter uma longa vinificação, calma e elegante, para permitir revelar todas as suas expressões.

As leveduras (no plural porque são várias espécies) selvagens que estão na nossa terra, são o elo de ligação com o nosso terroir, foram elas quem estiveram presentes durante todo o ciclo da uva, participando de todos os processos até a uv ser colhida. Se adicionamos uma levedura selecionada, perdemos este elo, e esta levedura escolhida para estar ali, já vai dar um aroma pré estabelecido para vinho, e ai perdemos a coisa mais preciosa, que é o caráter varietal, a alma de cada cepa, sua tipicidade.

Salvo estas exceções, cada vinhateiro é livre para colocar sua criatividade e alma, na sua forma de vinificar.

Repare na imagem abaixo, por que um vinho mesmo sendo elaborado com uvas orgânicas ou biodinâmicas, não é considerado vinho natural. Cada uma destas categorias, possui um regramento que inclui a permissão de utilizar produtos enológicos de correção, e dosagens altas de sulfito, já no vinho natural nada pode ser adicionado e nada pode ser retirado/corrigido, portanto este tipo de vinificação, foi chamada assim pois de todas é a menos intervencionista e que preserva todas as características do terroir.

 

 

 

VITICULTURA BIODINÂMICA

 

A agricultura biodinâmica foi desenvolvida a partir de oito conferências do filósofo austríaco Rudolf Steiner, proferidas na Alemanha em 1924.

 

A biodinâmica traz uma visão abrangente de um sistema agrícola. Ela considera os aspectos ecológicos, sociais, técnicos, econômicos e fenomenológicos, ou seja, busca - se o equilíbrio de todos os seres que convivem dentro de uma propriedade agrícola. É o conceito de organismo agrícola!

 

Um dos maiores objetivos da agricultura biodinâmica é formar um organismo agrícola harmonioso O que isso significa? É a interação harmoniosa entre várias atividades de uma propriedade agrícola, integrando  produção (horta, pomar, grãos e animais) educação, processamento, florestas nativas, e áreas de proteção ambiental. As funções deste organismo devem ser tão diversificadas e tão independentes quanto possível em termos de fertilizantes, sementes, matéria prima, etc.

 

Esse modelo de produção combina reprodução de espécies adaptadas ao lugar (em número e diversidade) e culturas diversificadas (pastagens, cereais, hortaliças, árvores frutíferas). A agricultura biodinâmica contribui para a manutenção de paisagens harmoniosas em um ambiente equilibrado. 

 

Este ambiente equilibrado é particularmente difícil de alcançar em nossa era moderna, onde a agricultura tem tomado o caminho da especialização em todos os setores. Quando tais campos especializados são convertidos em biodinâmica, é essencial que eles desenvolvem uma cooperação local ou regional com os agricultores. 

 

O organismo animal tem papel fundamental numa propriedade biodinâmica, mas principalmente a vaca. Os animais comem alimentos produzidos na propriedade e seu esterco alimenta o solo e as plantas. Mas não somente isso, no caso da vaca com o seu esterco é possível fazer nosso próprio biofertilizante, o composto biodinâmico e o próprio esterco é o material principal do preparado 500.

Assim como na Agricultura Orgânica, a Agricultura Biodinâmica não utiliza adubos químicos, agrotóxicos, herbicidas, sementes transgênicas, antibióticos ou hormônios. Aliás ser orgânico, é o principal preceito para ser biodinâmico, portanto, utilizar agrotóxicos ou qualquer outro produto químico junto com preparados biodinâmicos, é um equívico e vai contra totalmente aos princípios agroecológicos que a biodinâmica tem.

 

Trabalha - se também com o conhecimento do ciclo cósmico.

As plantas vivem entrem duas polaridades:

Terrestre: umidade e nutrientes (solo-raiz)

Cósmica: luz e calor (caule, folhas e frutos)

Por isso, faz - se uso do Calendário Astronômico Agrícola como uma importante ferramenta de orientação para os melhores momentos de se trabalhar a terra: plantio, tratos culturais, colheita, enxertias, podas, etc, baseando - se nos movimentos da lua, do sol e das constelações que possuem in fluência direta sobre estas duas polaridades a terrestre e a cósmica.

 

Certificação Orgânica

 

Não são utilizados fertilizantes sintéticos solúveis, agrotóxicos e transgênicos. Para ser considerado orgânico, o produto tem que ser produzido em um ambiente de produção orgânica, onde se utiliza como base do processo produtivo os princípios agroecológicos. O produtor orgânico deve fazer parte do Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos e seguir a legislação para a cultura desejada, o que é possível somente se estiver certificado por um dos três mecanismos a seguir:

a) Certificação por Auditoria

b) Sistema Participativo de Garantia (SPG)

c) Controle Social na Venda Direta

Traduzindo: este modelo não certifica pessoas, certifica grupos, ou seja, você cria ou entra para um grupo de produtores orgânicos, e todos se auto-auditam, e se um não estiver em conformidade, todo o grupo é prejudicado, por isso o compromisso é maior, a troca e a ajuda são maiores também

.

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Espumante: Pet Nat
  • Uva: Teroldego
  • Vinícolas: Vinha Unna
  • Região: Sul
  • Estado: Rio Grande do Sul